Cargas especiais: Como melhorar o transporte e distribuição da sua empresa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

As cargas especiais são símbolos de avanço e transformação. E para transportar de forma eficiente maquinários e equipamentos robustos pelas estradas brasileiras é preciso planejamento, apoio logístico e frete de qualidade. E como combinar esses 3 pontos? Vejamos no decorrer desse texto.

Os setores agropecuário e industrial são considerados bases de qualquer economia. Responsáveis por levar desenvolvimento a boa parte do Brasil, enfrentam alguns dilemas quando o assunto é logística de transportes. Porém, não estamos falando apenas do escoamento de sua produção, e sim da etapa embrionária, quando precisam de máquinas para alavancar colheitas ou de pontes rolantes numa fábrica, por exemplo.

Em meio a essa necessidade está o segmento dos transportes de cargas especiais, uma modalidade dentro do viés rodoviário que tem legislação específica, e que exige uma qualidade técnica para acontecer. Mas, será que o mercado e as transportadoras estão preparados para atender tão preciosa demanda? Se não estão, o que é preciso para melhorar?

Vamos explorar esses questionamentos apresentando boas práticas da tríade apresentada na introdução: planejamento, apoio e frete. Nos acompanhe.

A importância do planejamento no transporte e distribuição

 

É inconcebível começar uma operação de transportes de cargas excedentes sem traçar uma estratégia. O planejar aqui é condição sine qua non, esse tipo de transporte rodoviário precisa ser minuciosamente estudado. Por mais que o setor comercial precise ser ágil na resposta ao cliente, é melhor perder alguns dias na negociação, do que ficar entalado num viaduto, por exemplo.

Para melhorar essa etapa do transporte de cargas especiais, é preciso ter:

·         Profissionais qualificados para desenvolver os relatórios de viabilidade, e roteirização;

·         Ferramentas tecnológicas que ajudam a traçar estratégias eficientes

·         Reuniões com os operadores (motoristas) que realizarão o serviço

Esses são 3 pontos básicos que deve empregar na preparação do futuro transporte de cargas superdimensionadas. Por quê? Vejamos:

1.    Num projeto de longa duração, a empresa precisará levantar condições das estradas, medição de obstáculos, medição dos ângulos nas rodovias para realização das manobras, levantamento de licenças e outras documentações e tantos outros detalhes. Sem um profissional que tenha essa expertise na fase de planejamento, a operação estará comprometida.

2.    Existem softwares de roteirização, de cálculos de consumo de combustível, trenas eletrônicas e outras ferramentas que darão precisão necessária ao plano.

3.    O carreteiro oferece ao planejamento informações valiosas sobre trajeto, e o que será necessário para fazer as manobras. Também é o momento de confrontar a prática com o levantamento de campo realizado pelo responsável do estudo de rota.

Vemos que é o momento de “errar”, pois na estrada, a operação de cargas especiais não pode ter falhas.

O suporte logístico no transporte de cargas excedentes

 

Quem já teve oportunidade de participar de uma operação de componentes eólicos – que surpreendem pelas dimensões das hélices, tubos, geradores, etc. – sabe que boa parte dos parques onde estão instaladas as torres, são regiões de difícil acesso. E como as empresas envolvidas fazem para não perder rendimento operacional?

Elas criam uma espécie de centro logístico, conhecido como “pulmão”. Uma parte da frota fica responsável de fazer a coleta das peças (na fábrica) e descarregar no pulmão, e outra (bem menor) carrega neste centro e leva até o ponto onde será erguida a torre.

Também é nessa área é que normalmente são colocados os containers escritórios, de onde a equipe operacional informará todo andamento do serviço.

Esse exemplo nos mostra a necessidade de se criar ou ter uma infraestrutura para trabalhar com transporte de cargas especiais é fundamental para tudo ocorrer bem. Da mesma maneirafazer parcerias com empresas de outras regiões do mesmo segmento, também é interessante.

Uma transportadora do Sul que opera no Nordeste, não precisará remontar sempre suas carretas, é só fechar parceria, que terá um local para estacionar os equipamentos enquanto aguarda novo frete. É preciso contar com centro avançados ou escritório itinerantes espalhados pelo país, assim a transportadora consegue resolver de forma ágil os eventuais problemas que surgirem.

Frete de qualidade – o diferencial no momento da escolha de uma transportadora

 

Em tempos de adversidades financeiras, muitas empresas decidem reduzir custos para não impactar no valor de seu produto final. Porém, barganha no frete de transportes de cargas especiais não é indicado. Vale lembrar que essa modalidade de serviço é repleta de nuances. Em muitas situações, precisará contratar batedores para acompanhar a carga; realizar contato com as distribuidoras de energia elétrica, telecomunicações e outros serviços essenciais. É uma operação onerosa.

O que deve pesar na decisão do frete de cargas excedentes são tópicos como:

·         Condição da frota – é preciso contratar uma transportadora que tenha cavalos mecânicos e pranchas adequados para esse vigoroso formato de transporte. Um frete de qualidade nesse segmento só ocorrerá por intermédio de uma empresa que tenha equipamentos potentes e em boas condições.

·         Qualificação da equipe – do carreteiro ao gestor, o time de profissionais da empresa de transporte de cargas especiais precisa ter experiência comprovada.

·         Inovações empregadas pela transportadora – monitoramento via satélite ou GPRS, sistemas de comunicação, pranchas e caminhões de última geração são alguns dos equipamentos que devem ser considerados.

·         Documentação e registros em dia – a legislação para operações com cargas excedentes é bem rígida, e, portanto, precisa ser atendida. O fornecedor desse serviço precisa estar em dia com os órgãos fiscalizadores, e seus equipamentos devidamente registrados para realiza-lo.

Um frete de qualidade é baseado em pontos assim, que visam promover agilidade com segurança ao serviço. Com esses instrumentos o transporte ocorrerá no ritmo adequado, prezando sempre pela integridade da carga.

É isso. Vimos como melhorar a logística de cargas especiais. Verifique os pontos apresentados, e boa sorte na aplicação.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

(045) 3526-0088

rodoriva@rodoriva.com.br

Rua Sérgio Gaspareto, 1818, Sala 2
Foz do Iguaçu – Paraná – 85859-560

Veja nossa localização ›

Registre o seu e-mail aqui para receber todas as novidades da Rodo Riva.

Hospedado por: